Header Ads

Kesha teve que pedir autorização de Dr. Luke para lançar Praying


A cantora Kesha perdeu o processo que movia contra seu produtor, Dr. Luke, que foi acusado por ela de abuso sexual e psicológico. A cantora tentava romper seu contrato com ele, principalmente após as acusações virem a público.

Nesta quinta-feira (6), Kesha lançou seu mais novo single, Praying, com uma letra reflexiva e que fala sobre os problemas que enfrentou durante o processo contra o produtor. Mesmo no meio de tanta confusão e, sem poder romper seu contrato, ela teve que pedir permissão para lançar a música.

“Não houve mudança nas obrigações contratuais de Kesha — ela não foi bem-sucedida em nenhuma de suas alegações legais ou moções para se livrar disso. Ela sempre foi livre para gravar e se recusava. Agora, como foi sempre legalmente requisitado, o álbum foi lançado com a aprovação de Dr. Luke pela Kemosabe que é uma gravadora administrada em parceria de Dr. Luke com a Sony”, afirmou Dr. Luke comunicado à revista Billboard.

Confira o clipe de Praying abaixo:

Nenhum comentário

Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.