Header Ads

Spotify é acusado de criar artistas falsos para não pagar direitos autorais


Uma polêmica está abalando o mundo da música nas últimas horas e envolve o Spotify. Segundo uma reportagem do jornal The Guardian, o serviço de stream está inventando artistas para não ter que pagar direitos autorais.

O valor que o Spotify paga aos artistas depende da quantidade de vezes que suas músicas foram reproduzidas na plataforma. Sendo assim, quanto mais vezes a música é ouvida, mais dinheiro o autor vai ganhar. Mas segundo apurou o jornal, o Spotify está inserindo artistas que não existem em algumas das suas playlists mais populares.

Um dos artistas apurados pelo The Guardian é Enno Aare, que aparece em uma das listas populares e tem mais de 17 milhões de reproduções. Ele não parece em nenhum outro lugar que não seja o Spotify, ou seja, praticamente ele não existe.

A reportagem também apurou diversos outros nomes e descobriu cerca de 50 artistas com a mesma situação.

O Spotify nega a prática e diz que paga os royalties corretamente e que nunca criou artistas falsos para colocá-los em listas de reprodução.

Nenhum comentário

Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.